PREVIVAG
Instituto Seguridade Social dos Servidores Municipais de Várzea Grande

Prefeita participa do Dia “D” de mobilização da campanha de multivacinação

18 de setembro de 2017

A Campanha Multivacinação começou no início no último dia 11 e segue até o dia 22 setembro em todas as unidades de saúde da cidade em horário comercial

 

A prefeita municipal de Várzea Grande, Lucimar Sacre de Campos participou da abertura do Dia “D” da Campanha de Multivacinação, ocorrida neste último sábado(16) com o objetivo de atualizar a caderneta de vacinas de crianças, adolescentes, adultos e idosos. A prefeita visitou um dos postos onde estava sendo realizada a ação no Centro de Especialidades Médicas de Várzea Grande (Postão), onde técnicos administraram as primeiras doses de vacina nas crianças presentes e adolescentes.

Todas as unidades estarão abertas para vacinação da população e a meta mínima a ser alcançada corresponde a 95% da população estimada. “Existem doenças que não ocorrem se prevenir. A vacina é uma prática que deve ser adotada por todos e principalmente pelos pais em levar as crianças para se vacinar. A Saúde Pública coloca à disposição de todos os várzeagrandenses inúmeros tipos de vacinas, tanto para crianças como para jovens e adultos. Prevenir é melhor que remediar e queremos transformar essa máxima numa prática no que diz respeito à vacinação de nossas crianças. Contamos com o compromisso e sensibilidade dos pais. Precisamos reafirmar o nosso compromisso com o futuro de nossas crianças e jovens”, disse a prefeita.

A Campanha Multivacinação começou no início no último dia 11 e segue até o dia 22 setembro em todas as unidades de saúde da cidade em horário comercial, exceto no Pronto-Socorro Municipal e na Unidade de Pronto Atendimento (Upa) do Ipase. Está sendo disponibilizada à população cerca de 25.000 doses de vacinas contra 18 tipos de doenças diferentes. Cerca de 150 profissionais da saúde foram mobilizados para atender à população somente neste sábado, 16, Dia “D” da Campanha.

Contra a pólio, serão imunizadas as crianças com idade entre seis meses e cinco anos. Já contra o sarampo serão imunizados os meninos e meninas de um a cinco anos. Com relação ao sarampo a situação é mais preocupante. Entre 2013 e setembro de 2014 foram registrados 596 casos da doença no país, com maior concentração nos estados de Pernambuco, com 224 casos, e Ceará, com 365. Em ambos os estados, as crianças menores de 5 anos foram as mais acometidas, segundo dados do Ministério da Saúde.

“Não deveria ocorrer casos de doenças para aquelas que já existem vacinas. A preocupação da Saúde Pública e conscientizar a todos da importância de se vacinar e erradicar as doenças. Todas as unidades de saúde estão mobilizadas para que Várzea Grande alcance a meta preconizada pelo Ministério da Saúde. As crianças somente estarão protegidas com calendário de vacinação em dia. Por isso, queremos, com a mobilização, reforçar o acesso às vacinas, alertando sobre a importância de manter coberturas vacinais, evitando o reaparecimento de doenças já controladas ou mesmo eliminadas no país. Várzea Grande vai cumprir a alcançar a meta”, disse o secretário municipal de Saúde, Diógenes Marcondes.

Para crianças menores de 05 anos não vacinadas é possível imunizar contra BCG, Hepatite B, VIP, penta, VOPb, rotavírus humano, pneumocócica 10 valente, Meningocócica C conjugada, febre amarela, tríplice viral, tetra viral ou tríplice viral + varicela (atenuada), DTP, Hepatite A e varicela.

Para adolescentes entre 7 e 15 anos é possível vacinar contra a Hepatite B, febre amarela, tríplice viral, dT, dTpa, Meningocócica C conjugada, HPV e varicela. Já para adultos e idosos, as vacinas disponíveis para atualização da caderneta são HPV, dT e dTpa, Meningocócica, varicela, febre amarela e hepatite. A Vigilância em Saúde lembra que vacinas contra a gripe não estarão disponíveis por se tratarem de campanhas sazonais e específicas.

Fonte: Prefeitura Municipal de Várzea Grande

Voltar